Gamificação e motivação facilitada com Tactileo

É uma tendência importante dos dispositivos de treinamento a “ludificação” dos cursos de treinamento, aprender brincando ou, melhor ainda, jogar para aprender. A gamificação, que gera a motivação para aprender, é facilitada pela ferramenta TACTILEO. Você tem sua matéria-prima, você tem o seu conteúdo, textos, fotos, diagramas, vídeos, tudo que você tem a fazer é construir o jogo que seus colaboradores ou estagiários serão o herói. Demonstração com um caso concreto de módulo de formação sobre prevenção de riscos.

Gamificação, motivação, comprometimento: o aprendizado deve ser um jogo

Emblemas, pontuação, adição de recursos extras, mudança de papéis, posturas, são todas alavancas de gamificação. Lido, ouvido, visto, em toda parte, sim agora graças aos TICs, o aprendiz é um ator de seu curso e sua progressão. Então, como fazer um jogo do qual “Você é o herói” com o Tactileo? Simples. Siga o guia.

Treinamento de prevenção para grandes riscos tecnológicos e industriais

Como parte de um curso de treinamento com um jovem alvo, propusemos fazer um jogo incluindo “Você é o herói” com o Tactileo. O tema? Os principais riscos. O alvo? Aprendizes entre 16 e 18 anos. O objetivo? Sensibilizá-los para grandes riscos tecnológicos e industriais. Isto é, aqueles a quem possam um dia ser expostos durante sua atividade profissional.

Etapa 1: script
O primeiro passo é roteirizar o curso. Contextualize-o. Então, estamos em uma empresa industrial e um vazamento de gás acaba de ser declarado. É necessário encontrar rapidamente a válvula de chegada para fechá-la. Apenas um código de acesso protege a entrada. Quatro números para encontrar. Tudo, claro, em um tempo limitado desde que a explosão pode acontecer. Com o Tactileo é fácil transcrever a gamification o mais próximo possível da realidade.

Etapa 2: definir as passagens obrigatórias
Segundo passo, use uma ferramenta de mapa heurístico para desenhar os diferentes caminhos que levarão à chegada. Ao fazer isso, você definirá os “nós”, isto é, as passagens obrigatórias dos lugares (elementos do Tactileo), onde serão feitas perguntas que fornecerão as pistas necessárias para encontrar o código.

Etapa 3: plotar as possíveis rotas
O terceiro passo é a integração no Tactileo. Neste tipo de cenário, deixar a escolha de direções (que não são nem respostas certas ou erradas) e não dar a solução para o aluno (para ele repetir o jogo e tentar a sorte).

Você deve informar ao Tactileo para não exibir os resultados ou a correção de cada pergunta. Então, será necessário que cada elemento aplique as restrições desejadas de acordo com a resposta boa ou ruim. Nesta fase, é muito importante nomear cada elemento Tactileo para não se perder no labirinto do seu jogo.

3, 2, 1, jogar!
O último passo é naturalmente testar o curso para verificar se as restrições colocadas correspondem ao caminho que você determinou. Ele também verifica se todos os índices são colhidos antes de chegar à solução e o resultado do jogo. E, finalmente, para medir o tempo necessário para jogar toda a viagem e propor uma restrição de tempo que deixa o jogo possível.

 

Tactileo

Maskott

Rua Sena Madureira 151 - sala 1109
Vila Clementino
CEP:04021-050 São Paulo / SP
www.maskott.com

Login access

Contato

contato@maskott.com
11 3578-9348

Redes sociais

Tactileo 2017 by Maskott

© 2017 Tactileo by Maskott - All rights reserved